Archive for the ‘Qualidade.com__’ Category


Prêmio Estácio de Jornalismo abre inscrições para a sua sétima edição
Premiação distribuirá um total de R$ 125 mil entre as melhores reportagens veiculadas nas mídias de rádio, TV, impresso e internet

Salvador, 11 de abril de 2017 – A Estácio, uma das maiores instituições de Ensino Superior do Brasil, lança o Prêmio Estácio de Jornalismo – edição 2017, que escolherá as melhores reportagens veiculadas no país sobre Ensino Superior. Criado em 2011, o Prêmio Estácio de Jornalismo tem o objetivo de fomentar a produção pela imprensa de matérias jornalísticas que abordem o ensino superior no Brasil, de forma a ampliar o debate e a importância do tema para a transformação do país.
O prêmio é hoje o único em nível nacional dedicado exclusivamente a esta temática. Jornalistas e profissionais de imprensa de todo o Brasil podem concorrer nas mídias TV, Rádio, Internet e Impresso, tanto na modalidade Nacional, quanto na Regional. São elegíveis reportagens que tenham sido publicadas ou veiculadas pela primeira vez entre 11 de junho de 2016 e 10 de junho de 2017.
Desde sua criação, o Prêmio Estácio de Jornalismo vem demonstrando um crescimento expressivo na quantidade de reportagens inscritas e na qualidade dos conteúdos produzidos pelos jornalistas. Até o momento, o prêmio registrou a participação de mais de 1.000 jornalistas e profissionais de imprensa, que inscreveram mais de 1.400 reportagens veiculadas em 25 estados e no Distrito Federal.  Foram mais de 100 premiados, entre concorrentes individuais e equipes, desde 2011.
INSCRIÇÕES E PREMIAÇÃO
Para facilitar o processo de cadastro das reportagens, o prêmio conta com uma plataforma online de inscrição. O acesso poderá ser feito pelo site www.premioestaciodejornalismo.com.br . É possível fazer o upload de matérias via plataforma, ou seja, sem necessidade de ter que enviar o material pelo correio. Na edição 2016, 100% das reportagens foram encaminhadas por meio da plataforma de inscrição online, mostrando que além de prático, o processo é seguro e rápido. Mas aqueles que optarem por enviar suas reportagens pelo Correio poderão fazê-lo da mesma forma. Os dois formatos de envio serão aceitos. As inscrições deverão ser efetuadas até o dia 12 de junho de 2017 e cada concorrente poderá inscrever até 5 (cinco) reportagens.
Os R$ 125 mil, distribuídos entre os nove vencedores, serão divididos entre duas modalidades: Nacional e Regional, e estas divididas nas categorias Impresso (Jornal e Revista), Televisão, Rádio e Internet. Na modalidade Nacional, o prêmio para cada vencedor será no valor bruto de R$ 15 mil. Na modalidade Regional, o prêmio para cada vencedor será no valor bruto de R$ 10 mil. O vencedor do prêmio principal, o Grande Prêmio Estácio de Jornalismo 2016, receberá a quantia bruta de R$ 25 mil. Todos receberão certificado e troféu alusivos à premiação.
JULGAMENTO


A apreciação das reportagens será realizada em três etapas:
Na primeira etapa, uma comissão da Estácio ficará encarregada de fazer uma pré-seleção dos trabalhos. Caberá a esta comissão averiguar se os trabalhos inscritos seguem os critérios definidos pelo regulamento.
As reportagens que atenderem aos critérios do regulamento serão encaminhadas para a Comissão de Seleção. Esta comissão será integrada por professores universitários de Jornalismo da Estácio, com atuação no mercado de trabalho em várias partes do país. Caberá a eles indicar os 3 (três) finalistas de cada categoria (Impressa, TV, Rádio e Internet), nas modalidades Nacional e Regional.
Na terceira e última etapa, uma Comissão de Premiação, composta por formadores de opinião de projeção nacional, terá a função de indicar os vencedores do Prêmio Estácio de Jornalismo – edição 2017 em cada categoria e também o vencedor do prêmio principal, o Grande Prêmio Estácio de Jornalismo 2017. Os membros da Comissão de Premiação serão conhecidos e divulgados ao longo do processo.
RESULTADOS

Os finalistas terão seus nomes divulgados em agosto e o anúncio dos vencedores será feito durante solenidade, em lugar e data a serem divulgados oportunamente.
Informações:
Andre Marins: (21) 3311-9835

Fernanda Andrade: (21) 3311- 9866
Luciana Velho: (21) 3311-8940
E-mail: imprensa@estacio.br
Site: www.premioestaciodejornalismo.com.brMídias Sociais:
Facebook: www.facebook.com/PremioEstacioDeJornalismo

Twitter: https://twitter.com/premioestacio
Sobre a Estácio
A Estácio, uma das maiores e mais respeitadas organizações educacionais do Brasil, atua há 46 anos no segmento de ensino superior. Fundada no Rio de Janeiro, a Estácio está presente em 22 estados e no Distrito Federal, contando com mais de 500 mil alunos matriculados e uma estrutura de 5 mil colaboradores e 9 mil professores.
A Estácio oferece cursos reconhecidos pelo MEC, com elevados conceitos de qualidade, nas modalidades presencial e à distância, de Graduação (Tradicional e Tecnológica) e Licenciatura, nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas e, também, cursos de pós-graduação lato sensu. Os cinco cursos de Mestrado e três de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação) oferecidos pela instituição são avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (CAPES). São desenvolvidos e ofertados, ainda, pela instituição, soluções de educação para empresas e cursos de extensão.
Cada vez mais comprometida com sua missão de “Educar para Transformar”, a Estácio mantém seus currículos totalmente alinhados às necessidades do mercado de trabalho e à evolução profissional dos alunos; e aposta na tecnologia e na inovação como diferenciais para aprimorar o aprendizado. Respeitadas as regionalidades e a contribuição individual de cada professor, o modelo de ensino da Estácio é nacionalizado e os conteúdos, padronizados. Todos os alunos recebem material didático gratuito, de alto nível, em uma cadeia totalmente sustentável.
Assessoria de Imprensa (BA)

Qualidade.Com Marketing e Comunicação
Atendimento: Renato Barbosa Filho
Contatos: (71) 2137-9890; 99192-5807


 


Estácio abre Programa de Trainees 2017

Salvador, 16 de março de 2017 – A Estácio abriu, nesta semana, a seleção para trainees. Direcionado a alunos e ex-alunos formados na Estácio, de graduação e pós-graduação, o programa deve selecionar candidatos dos cursos de administração de empresas, ciências contábeis, ciências econômicas, comunicação social (nas habilitações jornalismo e publicidade e propaganda), engenharia de produção e civil, turismo, marketing, pedagogia, psicologia e tecnologia da informação; gestão comercial, gestão financeira e gestão de recursos huma
Adicionar novonos.

Os interessados em participar do programa precisam ter domínio do pacote Office e conhecimento de inglês (nível intermediário).
Ao todo, serão oferecidas oito vagas, distribuídas nas quatro regionais da empresa. As inscrições podem ser feitas pelo site www.estacio.br/trainee e se encerram em 31 de março.

 Sobre a Estácio

A Estácio, uma das maiores e mais respeitadas organizações educacionais do Brasil, atua há 46 anos no segmento de ensino superior. Fundada no Rio de Janeiro, a Estácio está presente em 22 estados e no Distrito Federal, contando com mais de 500 mil alunos matriculados e uma estrutura de 5 mil colaboradores e 9 mil professores.

A Estácio oferece cursos reconhecidos pelo MEC, com elevados conceitos de qualidade, nas modalidades presencial e à distância, de Graduação (Tradicional e Tecnológica) e Licenciatura, nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas e, também, cursos de pós-graduação lato sensu. Os cinco cursos de Mestrado e três de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação) oferecidos pela instituição são avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (CAPES). São desenvolvidos e ofertados, ainda, pela instituição, soluções de educação para empresas e cursos de extensão.

Cada vez mais comprometida com sua missão de “Educar para Transformar”, a Estácio mantém seus currículos totalmente alinhados às necessidades do mercado de trabalho e à evolução profissional dos alunos; e aposta na tecnologia e na inovação como diferenciais para aprimorar o aprendizado. Respeitadas as regionalidades e a contribuição individual de cada professor, o modelo de ensino da Estácio é nacionalizado e os conteúdos, padronizados. Todos os alunos recebem material didático gratuito, de alto nível, em uma cadeia totalmente sustentável.
Assessoria de Imprensa (BA)

Qualidade.Com Marketing e Comunicação
Atendimento: Renato Barbosa
Contatos: (71) 2137-9890; 99192-5807

 

q.com: merenda __

Posted: February 15, 2017 in assessoria, Qualidade.com__

Nutricionista orienta como preparar merenda escolar saudável e atrativa
Não é só o fato de se levar o lanche de casa que vai garantir uma alimentação saudável
Salvador, 15 de fevereiro de 2017 – Material escolar, fardamento, transporte são algumas das preocupações dos pais no período de volta às aulas. Mas outro quesito que não deve ser deixado de lado é a qualidade da merenda oferecida à criança. A professora do curso de pós-graduação em Nutrição Clínica e Funcional do Centro Universitário Estácio da Bahia, Renata Oliveira, dá dicas de como montar um lanche atrativo e saudável.
É importante evitar que a criança compre o lanche na cantina da escola. Desta forma, fica mais fácil garantir a qualidade da alimentação e manter o hábito da alimentação saudável iniciado em casa. Mas não é só o fato de se levar o lanche de casa que vai garantir uma alimentação saudável.
Na correria do dia a dia alguns pais acabam oferecendo para as crianças sucos de caixinha, refrigerantes, salgadinhos e biscoitos recheados devido à praticidade que esses produtos oferecem. “Produtos industrializados não são recomendados por terem grande quantidade de açúcares, sódio, conservantes e, além disso, anulam a oportunidade de contribuir com a formação do hábito alimentar saudável”, afirma Renata.
A especialista recomenda incluir na merenda sucos naturais, frutas, biscoito de polvilho, considerando a idade e a capacidade de mastigação da criança. “Para ser atrativo, o lanche deve ser colorido e variado, substituindo preparações hipercalóricas por compostos com ingredientes saudáveis”.
Além dos alimentos industrializados, a nutricionista recomenda também evitar o uso de iogurte, leite e achocolatados no lanche escolar. “Os alimentos lácteos não devem ser os principais escolhidos para os lanches, pois a digestão deles é mais lenta que a dos vegetais e, por isso, podem interferir nas principais refeições, como o almoço, por exemplo. Neste momento deve ser prioritário o consumo de frutas e outros alimentos reguladores. O lanche escolar também é importante na formação do hábito alimentar saudável da criança.
O consumo regular de alimentos industrializados e hipercalóricos leva a obesidade, que pode ter como consequência a hipertensão, a dislipidemia e a diabetes”, alerta Renata.
 Sobre a Estácio
A Estácio, uma das maiores e mais respeitadas organizações educacionais do Brasil, atua há 46 anos no segmento de ensino superior. Fundada no Rio de Janeiro, a Estácio está presente em 22 estados e no Distrito Federal, contando com mais de 500 mil alunos matriculados e uma estrutura de 5 mil colaboradores e 9 mil professores.
A Estácio oferece cursos reconhecidos pelo MEC, com elevados conceitos de qualidade, nas modalidades presencial e à distância, de Graduação (Tradicional e Tecnológica) e Licenciatura, nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas e, também, cursos de pós-graduação lato sensu. Os cinco cursos de Mestrado e três de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação) oferecidos pela instituição são avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (CAPES). São desenvolvidos e ofertados, ainda, pela instituição, soluções de educação para empresas e cursos de extensão.
Cada vez mais comprometida com sua missão de “Educar para Transformar”, a Estácio mantém seus currículos totalmente alinhados às necessidades do mercado de trabalho e à evolução profissional dos alunos; e aposta na tecnologia e na inovação como diferenciais para aprimorar o aprendizado. Respeitadas as regionalidades e a contribuição individual de cada professor, o modelo de ensino da Estácio é nacionalizado e os conteúdos, padronizados. Todos os alunos recebem material didático gratuito, de alto nível, em uma cadeia totalmente sustentável.
Assessoria de Imprensa (BA)
Qualidade.Com Marketing e Comunicação
Coordenação: Núbia Cristina Santos
Atendimento: Renato Barbosa
Contatos: (71) 2137-9890; 99192-5807

`,,´__ frutas, ambulante __ Aracaju, centro by alf ... !!!


Fisioterapeuta dá dicas para evitar lesões durante o Carnaval
Coordenadora do curso de Fisioterapia do Centro Universitário Estácio da Bahia, Thays Freitas, ensina como prevenir lesões musculares e alerta para uso do calçado apropriado
Salvador, 13 de fevereiro de 2017 – O Carnaval está chegando e quem deseja curtir a festa sem incômodos, devido ao excesso de esforço físico, precisa tomar alguns cuidados. A coordenadora do curso de Fisioterapia do Centro Universitário Estácio, Thays Freitas, dá algumas dicas para que os exageros da festa não causem danos à saúde, principalmente dos mais sedentários.
De acordo com a fisioterapeuta, o principal cuidado para evitar lesões musculares é o alongamento dos membros inferiores, coluna lombar e cervical, que são as partes do corpo mais exigidas pelo folião. “É importante que o indivíduo, durante o alongamento, respeite o limite de cada músculo e articulação. Cada grupo muscular deve ser alongado durante 30 segundos”, recomenda.
Thays afirma que o descanso entre um dia e outro de festa é muito importante, principalmente para aqueles que estão fora de forma. “A manutenção da forma física é importante o ano inteiro, mas se o indivíduo esqueceu isso ao longo do ano, precisa ter cuidado redobrado para evitar lesões nas articulações e nos músculos, principalmente no alongamento”, alerta.
Segundo a especialista Thays Freitas, os dois tipos de lesões mais comuns por causa do excesso de esforço físico são estiramentos e contraturas. “É importante não tentar alongar nessas situações, pois pode agravar o quadro”, adverte. Ela diz que o dia seguinte à festa pode vir acompanhado pela dor muscular sem lesão. Nesse caso, o repouso ajuda a aliviar o incômodo.
A professora também indica, para alívio da dor, colocar uma bolsa de água quente de 20 a 25 minutos no local afetado. Ela recomenta que caso a dor persista é importante procurar um profissional de saúde, para receitar o medicamento adequado.
Outro cuidado importante para evitar lesões durante a folia de Momo é com a escolha do calçado. “Apesar de não estarem na moda, os tênis de corrida são os calçados mais apropriados para a folia”, diz a coordenadora. Ela não indica o uso de rasteirinhas, e se for usar sandália de salto, é indicado que ele tenha de 2 a 3 cm de altura. “O salto alto força muito a coluna lombar e aumenta o risco de entorse de tornozelo”, completa.  Pular o Carnaval descalço também é perigoso, pois aumenta a chance de lesão por perfurações.
 Sobre a Estácio
A Estácio, uma das maiores e mais respeitadas organizações educacionais do Brasil, atua há 46 anos no segmento de ensino superior. Fundada no Rio de Janeiro, a Estácio está presente em 22 estados e no Distrito Federal, contando com mais de 500 mil alunos matriculados e uma estrutura de 5 mil colaboradores e 9 mil professores.
A Estácio oferece cursos reconhecidos pelo MEC, com elevados conceitos de qualidade, nas modalidades presencial e à distância, de Graduação (Tradicional e Tecnológica) e Licenciatura, nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas e, também, cursos de pós-graduação lato sensu. Os cinco cursos de Mestrado e três de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação) oferecidos pela instituição são avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (CAPES). São desenvolvidos e ofertados, ainda, pela instituição, soluções de educação para empresas e cursos de extensão.
Cada vez mais comprometida com sua missão de “Educar para Transformar”, a Estácio mantém seus currículos totalmente alinhados às necessidades do mercado de trabalho e à evolução profissional dos alunos; e aposta na tecnologia e na inovação como diferenciais para aprimorar o aprendizado. Respeitadas as regionalidades e a contribuição individual de cada professor, o modelo de ensino da Estácio é nacionalizado e os conteúdos, padronizados. Todos os alunos recebem material didático gratuito, de alto nível, em uma cadeia totalmente sustentável.
Assessoria de Imprensa (BA)
Qualidade.Com Marketing e Comunicação
Coordenação: Núbia Cristina Santos
Atendimento: Renato Barbosa
Contatos:
(71) 2137-9890; 99192-5807

 Centro Universitário Estácio da Bahia,


má postura com mochilas -g searchEspecialista dá dicas de como evitar problemas com o uso inadequado da mochila
  Além do peso, a fisioterapeuta afirma que devem ser tomados cuidados com o tipo de mochila e com a forma de uso
Salvador, 25 de janeiro de 2017 – A partir de 01 de fevereiro começam as aulas na maioria das escolas. Uma preocupação que os pais devem ter é com o peso que será colocado nas mochilas dos filhos. A coordenadora do curso de Fisioterapia do Centro Universitário Estácio da Bahia, a doutora Thays Freitas, dá algumas dicas de como evitar os problemas provocados pelo excesso de peso.
De acordo com a fisioterapeuta, o peso e o tipo de mochila utilizado por crianças e adolescentes podem originar sérios problemas de postura, por possuírem ação direta na coluna vertebral, gerando uma lesão por sobrecarga devido ao seu uso contínuo. “Um dos acometimentos mais comuns é a hipercifose, conhecido popularmente como corcunda. A criança curva os ombros para frente para equilibrar o peso da mochila e o seu peso corpóreo acentuando a hipercifose”, destaca Thays.
A professora informa que na mochila não deve ser carregado mais do que 10% do peso corporal. Então, por exemplo, uma criança que possui 40 quilos não deve carregar mais que 4 kg nas costas.
Além do peso, Thays ressalta que devem ser tomados cuidados também na hora da escolha da mochila e na forma de uso. “Quando escolher as mochilas, observe se elas possuem alças largas e acolchoadas, pois elas distribuem melhor o peso por atenderem uma área maior dos ombros e minimizam a sobrecarga sobre os mesmos”, explica.
 Segundo a professora, a mochila deve ser posicionada de forma que fique centralizada na coluna vertebral com as alças ajustadas simetricamente nos ombros. Desta forma, há uma distribuição adequada do peso, minimizando a necessidade de inclinações para compensações, pois estas geram sobrecarga nos músculos, ossos e articulações, o que potencializa o desenvolvimento de dores e lesões. “O ajuste das alças deve feito de acordo com o tamanho da criança, reguladas de forma que a parte inferior da mochila fique na linha da cintura ou um pouco abaixo, mas nunca abaixo da altura dos glúteos”, afirma.
 Thays diz que as mochilas com rodinhas também são aceitáveis, desde que respeitem a carga de no máximo 10% do peso corporal. A fisioterapeuta também recomenda alguns cuidados ao puxá-las para que não gerem lesões. “As crianças não devem estar inclinadas para trás, nem devem ter que girar o tronco em grande amplitude para carregar a mochila, que deve ficar próxima ao corpo, quase ao lado e na altura da cintura para que a criança ande ereta e não posicione a mão muito para trás”, explica a professora.
   Sobre a Estácio
  A Estácio, uma das maiores e mais respeitadas organizações educacionais do Brasil, atua há 46 anos no segmento de ensino superior. Fundada no Rio de Janeiro, a Estácio está presente em 22 estados e no Distrito Federal, contando com mais de 500 mil alunos matriculados e uma estrutura de 5 mil colaboradores e 9 mil professores.

A Estácio oferece cursos reconhecidos pelo MEC, com elevados conceitos de qualidade, nas modalidades presencial e à distância, de Graduação (Tradicional e Tecnológica) e Licenciatura, nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas e, também, cursos de pós-graduação lato sensu. Os cinco cursos de Mestrado e três de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação) oferecidos pela instituição são avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (CAPES). São desenvolvidos e ofertados, ainda, pela instituição, soluções de educação para empresas e cursos de extensão.
Cada vez mais comprometida com sua missão de “Educar para Transformar”, a Estácio mantém seus currículos totalmente alinhados às necessidades do mercado de trabalho e à evolução profissional dos alunos; e aposta na tecnologia e na inovação como diferenciais para aprimorar o aprendizado. Respeitadas as regionalidades e a contribuição individual de cada professor, o modelo de ensino da Estácio é nacionalizado e os conteúdos, padronizados. Todos os alunos recebem material didático gratuito, de alto nível, em uma cadeia totalmente sustentável.
 Assessoria de Imprensa (BA)
Qualidade.Com Marketing e Comunicação
Coordenação: Núbia Cristina Santos
Atendimento: Renato Barbosa
Contatos: (71) 2137-9890; 99192-5807

 


Estácio lança programa de parcelamento de mensalidades
  Recurso permitirá aos novos alunos pagar o total do curso no dobro do tempo de estudo
Salvador, 24 de janeiro de 2017 – Os alunos que ingressam na Estácio a partir do início de 2017 podem contar com uma facilidade para pagar suas mensalidades: o Parcelamento Estácio, ou PAR, permite que o aluno pague metade do valor total do curso enquanto estiver estudando e a outra metade após a formatura. “A Estácio tem como compromisso facilitar o sonho de milhares de brasileiros que desejam fazer um curso superior. Nós queremos fazer parte da melhor fase da vida das pessoas”, afirma Higino Viegas, vice-presidente de Mercado do Grupo Estácio.
 O parcelamento se dá de maneira progressiva. O aluno paga 30% do valor das mensalidades nos dois primeiros semestres; 40% no terceiro semestre, 50% no quarto e 60% a partir do quinto período. Em um curso de quatro anos, por exemplo, o estudante terá mais quatro anos para pagar o restante dos valores. Durante esse período, vai incidir a correção monetária pelo IPCA.
 Os alunos que estão ingressando na Estácio no primeiro semestre de 2017 já estão aptos a solicitar o PAR, sem necessidade de fiador. O CPF do estudante precisa estar em situação regular junto à Receita Federal. Não poderão aderir estudantes de cursos na modalidade à distância e Flex, ou que possuem contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ou do Programa Universidade para Todos (ProUni). O parcelamento também não está disponível para os cursos de Medicina, Odontologia, Medicina Veterinária e Gastronomia.
  Sobre a Estácio
 A Estácio, uma das maiores e mais respeitadas organizações educacionais do Brasil, atua há 46 anos no segmento de ensino superior. Fundada no Rio de Janeiro, a Estácio está presente em 22 estados e no Distrito Federal, contando com mais de 500 mil alunos matriculados e uma estrutura de 5 mil colaboradores e 9 mil professores.
A Estácio oferece cursos reconhecidos pelo MEC, com elevados conceitos de qualidade, nas modalidades presencial e à distância, de Graduação (Tradicional e Tecnológica) e Licenciatura, nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas e, também, cursos de pós-graduação lato sensu. Os cinco cursos de Mestrado e três de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação) oferecidos pela instituição são avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (CAPES). São desenvolvidos e ofertados, ainda, pela instituição, soluções de educação para empresas e cursos de extensão.
Cada vez mais comprometida com sua missão de “Educar para Transformar”, a Estácio mantém seus currículos totalmente alinhados às necessidades do mercado de trabalho e à evolução profissional dos alunos; e aposta na tecnologia e na inovação como diferenciais para aprimorar o aprendizado. Respeitadas as regionalidades e a contribuição individual de cada professor, o modelo de ensino da Estácio é nacionalizado e os conteúdos, padronizados. Todos os alunos recebem material didático gratuito, de alto nível, em uma cadeia totalmente sustentável.
Assessoria de Imprensa (BA)
Qualidade.Com Marketing e Comunicação
Coordenação: Núbia Cristina Santos
Atendimento: Renato Barbosa
Contatos: (71) 2137-9890; 99192-5807

Resultado de imagem para fotos da Estacio de sa em Salvador

Centro Universitário Estácio da Bahia realiza a X Feira de Empregabilidade nos dias 29 e 30 de novembro
O evento é aberto ao público e disponibilizará cerca de 500 vagas de empregos e estágios
   Salvador, 23 de novembro de 2016 – Com o intuito de inserir estudantes no mercado de trabalho, o Centro Universitário Estácio da Bahia promove, na terça-feira (29/11) e quarta-feira (30/11), a X Feira de Empregabilidade. O evento, aberto ao público, acontece nas unidades Fratelli Vita, no bairro da Calçada, e Gilberto Gil, no Stiep, respectivamente, das 9h às 12h e das 18h30 às 20h30 para todos os participantes. Serão disponibilizadas cerca de 500 vagas.
A ideia do evento é promover a aproximação das empresas e agentes de integração com profissionais e estudantes que desejam uma colocação no mercado de trabalho. Durante o evento, serão ofertadas oficinas focadas em empregabilidade, além de serem disponibilizadas oportunidades de estágios e empregos.
A feira visa oferecer mão de obra qualificada e inserir os alunos e candidatos da comunidade local no mercado de trabalho. “A nossa expectativa é que cerca de 3 mil estudantes participem do evento. Esse é um excelente momento para que eles possam conhecer as oportunidades de emprego e estágio disponíveis no mercado”, declara a coordenadora do Espaço Carreiras, Vanessa Santana.
Os interessados deverão comparecer munidos de documentos pessoais, currículo e carteira de trabalho. O evento conta com a parceria do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), SIMM, Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Suigeneris, Atakarejo, Grupo Solução, Fortunes Realty, Lojas Guaibim, Columbia Nordeste, Nobre Assessoria e Ânima RH, entre outros que estarão com estandes na feira.
Serviço:
O quê: Feira de estágios e empregos;
Quando/onde: Dia 29/11 no Campus Fratelli Vita, no bairro da Calçada e
                         dia 30/11 no Campus Gilberto Gil, no bairro do Stiep;
 Horários: das 9h às 12h e das 18h30 às 20h30
                Mais informações: 71 2107-8113
 Sobre a Estácio
  A Estácio, uma das maiores e mais respeitadas organizações educacionais do Brasil, atua há 46 anos no segmento de ensino superior. Fundada no Rio de Janeiro, a Estácio está presente em 22 estados e no Distrito Federal, contando com mais de 500 mil alunos matriculados e uma estrutura de 5 mil colaboradores e 9 mil professores.
A Estácio oferece cursos reconhecidos pelo MEC, com elevados conceitos de qualidade, nas modalidades presencial e à distância, de Graduação (Tradicional e Tecnológica) e Licenciatura, nas áreas de Ciências Exatas, Biológicas e Humanas e, também, cursos de pós-graduação lato sensu. Os cinco cursos de Mestrado e três de Doutorado (Direito, Odontologia e Educação) oferecidos pela instituição são avaliados com elevados conceitos de qualidade pelo MEC (CAPES). São desenvolvidos e ofertados, ainda, pela instituição, soluções de educação para empresas e cursos de extensão.
Cada vez mais comprometida com sua missão de “Educar para Transformar”, a Estácio mantém seus currículos totalmente alinhados às necessidades do mercado de trabalho e à evolução profissional dos alunos; e aposta na tecnologia e na inovação como diferenciais para aprimorar o aprendizado. Respeitadas as regionalidades e a contribuição individual de cada professor, o modelo de ensino da Estácio é nacionalizado e os conteúdos, padronizados. Todos os alunos recebem material didático gratuito, de alto nível, em uma cadeia totalmente sustentável.
  Assessoria de Imprensa (BA)
Qualidade.Com Marketing e Comunicação
Coordenação: Núbia Cristina Santos
Atendimento: Renato Barbosa
Contatos: (71) 2137-9890; 99192-5807

Imagem relacionada