moc __

Posted: February 18, 2017 in ação social, capacitação

boletim mocmoc_logo bullet
   Nº 541 :  17 de fevereiro de 2017 :  Feira de Santana-BA
INSTITUCIONAL
Conjuntura social e política brasileira e captação de recursos foram temas de debate no planejamento anual do MOC
?Devemos nos perguntar: Como estão as práticas, as leis, os decretos, os programas dos projetos do governo em relação ao Semiárido? São os mesmos do ano passado, são diferentes, são maiores, são menores? Eles trazem a mesma situação? Nós debatemos um Semiárido justo, mas as leis de hoje nos levam para um Seminário justo ou para um Semiárido injusto?? questiona Naidison Baptista, coordenador da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) e assessor do MOC convidado para debater sobre a atual conjuntura social e política brasileira, em especial a do Semiárido, no segundo dia do processo de Planejamento, Monitoramento e Avaliação promovido pelo MOC. O evento reuniu toda a equipe institucional nesses 13 e 14 de fevereiro, no Centro de Orientação Vocacional, em Feira. No primeiro dia o técnico Djair Silva, do Programa de Educação do Campo Contextualizada, mediou uma oficina sobre ‘Estratégias de Elaboração De Projetos Para Captação De Recursos’ com orientações gerais e detalhadas sobre a elaboração dos mesmos, sensibilizando os participantes sobre a importância dessa captação para a sustentabilidade do MOC. Matérias completas aqui no site do MOC.
ECONOMIA SOLIDÁRIA
Feira sedia a Plenária Territorial do Portal do Sertão
O Movimento de Organização Comunitária (MOC), entidades parceiras e representantes de empreendimentos econômicos solidários participaram ontem (16/02) da Plenária Territorial de Economia Solidária do Portal do Sertão que aconteceu na sede do Sindicato de Trabalhadores e Agricultores Familiares de Feira de Santana. ‘Conjuntura política e econômica nacional e seu rebatimento sobre as Políticas Públicas em geral, em especial sobre as Políticas Públicas de Economia Solidária’ foi o principal tema de debate no encontro de iniciativa do Fórum Baiano da Agricultura Familiar, com a realização do MOC, da Cáritas, Cesol, Unicafes Bahia, Codeter Portal do Sertão, Cediter, Coopeser e Nedet. Divididos em grupos os participantes fazem o levantamento das questões diagnósticas e construção de preposições para os cinco eixos apresentados, além da construção e apresentação da Carta Política do Território de Economia Solidária. Ao final do encontro serão eleitos os delegados para a Plenária Estadual.
CONVIVÊNCIA COM O SEMIÁRIDO
MOC participa em Recife de oficina sobre Cisterna Telhadão
Representando o Movimento de Organização Comunitária (MOC) os técnicos Gilson Almeida e José Eugênio de Souza participaram em Recife, entre os dias 14 e 15 de fevereiro, de oficina para construção da linha de base do Projeto Cisternas Telhadão, numa ação da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) em parceria com a Pepsico. A Cisterna Telhadão é uma tecnologia social de captação de água de chuva integrado ao sistema produtivo familiar que visa o uso racional dos recursos hídricos para armazenamento de água para produção familiar de alimentos com base agroecológica. Essa é uma ação que vai beneficiar alguns grupos produtivos.
EDUCAÇÃO
Itiúba sedia segunda oficina do Projeto ‘Escola Aberta’ do ICEP
Mais uma oficina promovida pelo Instituto para Cooperação e Desenvolvimento de Projetos (ICEP) e acompanhada pelo MOC, como parte das ações do Projeto ‘Educação Aberta’ aconteceu no último dia 13 de fevereiro, em Itiúba, um dos seis participantes da iniciativa que já foi difundida para professores/as da Guatemala, Nicarágua e México e que neste ano de 2017 inicia no Brasil e Quênia. Em Feira, nesse 16 de fevereiro, o MOC sediou mais uma oficina do projeto. Mediada pela voluntária do ICEP, a austríaca Christine Angleitner e acompanhada em Itiúba pela técnica do MOC, Ana Paula Duarte e pelo estagiário da UEFS, Darlean de Sá Ramos, a atividade ali contou com a participação de 45 educadores/as que foram apresentados aos materiais didáticos contextualizados como instrumentos pedagógicos, além de aprenderem como fabricá-los com matérias primas reutilizáveis, simples e muito baratas. Com esse tipo de material contextualizado as crianças desenvolvem e compartilham conhecimentos de acordo seus ritmos de aprendizagem, com estímulo da criatividade e sempre de forma ativa e não passiva como na educação tradicional.
FUNDO SOLIDÁRIO
Contribua com o Fundo Solidário das Mulheres da Terra
A Rede de Produtoras da Bahia que é formada por 60 grupos de mulheres rurais de 18 municípios do semiárido baiano, propõe a contribuição das pessoas através de uma ‘vaquinha’ virtual para compor o Fundo Solidário para ser contrapartida do projeto Ciranda das Artes no qual terá um Fundo Solidário para compra de materiais prima para a produção dos grupos. Esse projeto envolve cerca de 800 mulheres de baixa renda. As contribuições poderão ser feitas por boletos ou cartões de crédito. Basta acessar aqui o link e participar. Vamos ajudar as mulheres rurais construir novas histórias de vida!
AGRICULTURA FAMILIAR
Agricultor e Agricultora Familiar renove sua DAP
A Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP) é o documento de identificação da agricultura familiar e pode ser obtido tanto pelo agricultor/a familiar (pessoa física) quanto por empreendimentos familiares rurais, como associações, cooperativas, agroindústrias (pessoa jurídica). Estar com este documento atualizado é muito importante para continuar acessando diversas políticas públicas voltadas para a agricultura familiar. É possível verificar a situação atual de qualquer. Procure um extensionista rural da Bahiater, Secretaria de Agricultura do seu município, ou seu Sindicato para renová-la.  Declaração através do Sistema de Extrato de DAP aqui.
BAHIA PRODUTIVA
Feira sedia oficina territorial do Portal do Sertão sobre editais do Bahia Produtiva
Técnicos do MOC participaram no último dia 10 de fevereiro de oficina territorial de divulgação dos Editais de seleção de subprojetos orientados para o mercado de cadeia produtiva da mandiocultura e fruticultura do Projeto Bahia Produtiva. O evento que aconteceu no Setaf Portal do Sertão, em Feira, reuniu entidades parceiras, poder público e sociedade civil. Os editais terão investimentos na ordem de R$ 26 milhões para a cadeia produtiva da fruticultura e R$ 10 milhões, para a mandiocultura. O Bahia Produtiva é um projeto executado pelo Governo da Bahia, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).
Visite-nos nas redes sociais:
Facebook: http://www.facebook.com/moc
Site: http://www.moc.org.br
#2017MOC50anos
AGENDE-SE
06 e 07 de março: Última etapa do encontro de planejamento anual com toda equipe do MOC, no Centro de Orientação Vocacional, próximo à Fraga Maia, em Feira.
09 e 10 de março: 4º aniversário do Armazém da Agricultura Familiar e I Caravana de Economia Solidária dos Territórios Portal do Sertão e Sisal, em Serrinha.
10 de março: Audiência pública sobre os desafios do comércio institucional, em Serrinha, no Armazém da Agricultura Familiar.
15 de março: Oficina sobre orçamento especifico para Educação do Campo, em Monte Santo.
22 a 24 de março: VI Seminário ?Mulheres em Territórios de Resistência: Lutas e Construções Feministas por uma ATER Agroecologica?, em Recife/PE.
*nossos emails, clique aqui

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s