destaque -hidrica __

Posted: November 21, 2016 in sihs -hídrica

Bahia é destaque em evento do BIRD sobre abastecimento rural Máriuo Marques ascom sihs
  Em evento promovido pelo Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), em Brasília, a Bahia, através da Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), foi destaque ao debater os rumos da universalização do abastecimento de água em zonas rurais do mundo.  Pioneiro, quando em 1995 criou o primeiro sistema de gestão descentralizado em Jacobina e Seabra, que existem até hoje como Centrais de Abastecimento, o Estado teve o modelo de gestão apresentado a secretários de todo o Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste, bem como integrantes de ministérios  pelo coordenador de Integração de Políticas e Projetos, Jackson Ornelas. Em menos de dois anos foram mais de 365 mil pessoas de localidades carentes com água em suas torneiras.
Somente este ano, (de janeiro a setembro), apenas a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), sociedade de economia mista do Estado da Bahia, vinculada à Sihs, concluiu 361 obras de construção de sistemas de abastecimento de água para consumo humano no semiárido baiano, atendendo a um total de 151 municípios. O investimento foi da ordem de R$81,3 milhões, beneficiando 116.844 habitantes. No ano de 2015, a Cerb concluiu 442 obras de sistemas de abastecimento de água para consumo humano no semiárido baiano, atendendo um total de 150 municípios. O investimento com as obras concluídas foi da ordem de R$75,2 milhões e beneficiaram 95,8 mil habitantes. Pela Embasa, empresa também vinculada a Sihs, foram 24.385 ligações em 2015 e em 2016 um total de 13.081, que resultaram em 149,8 mil pessoas beneficiadas.

“Trata-se de um problema em discussão em todo mundo, em especial na América Latina, Ásia e África e o Brasil hoje é referência como proposta de gestão para a área, principalmente a Bahia que foi a pioneira e avança cada vez mais, cumprindo uma determinação do Governo Estadual”, frisou Ornelas.
Reforçando a prioridade, o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, destacou que encontram-se ainda em andamento mais 147 obras de construções de sistemas simplificados de abastecimento de água, sendo que 114 obras atenderão ao semiárido baiano, beneficiando um total de 65 municípios. O investimento com as obras de construção de sistemas simplificados em andamento é da ordem de R$17,1 milhões, onde beneficiarão 37.541 habitantes.
“Existem ainda outras oito obras em andamento de sistemas integrados e convencionais que após concluídas beneficiarão 136 comunidades rurais e cinco sedes dos municípios de Adustina, Coribe, Cristópolis, Euclides da Cunha e Monte Santo, com investimento total da ordem de R$181 milhões, que contemplarão 129.514 habitantes, em 13 municípios”, comemorou.

Por fim, o titular da Sihs elencou que na linha de ação de revitalização do Rio São Francisco, também encontram-se em andamento as obras de contenção de processos erosivos, das localidades de Gameleira e da sede, nos municípios de Sítio do Mato e Malhada, respectivamente, que beneficiarão 9.662 habitantes com investimento da ordem de R$23,6 milhões.
“Vale destaque ainda, que a diretora executiva da Central de Abastecimento em Seabra, Gabriela Vieira, foi eleita representante do Brasil na Confederação Latino-Americana de  Organizações Comunitárias que operam sistemas de abastecimento de água e saneamento em zonas rurais”, concluiu Peixoto.
Máriuo Marques ascom sihs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s