sei -cesta __

Posted: July 12, 2016 in Uncategorized

aju blchr views _ seta 13 04 2012 038SEI, UESC e UESB registram aumento na cesta básica de Salvador, Ilhéus, Itabuna e Vitória da Conquista

A ração essencial mínima definida pelo Decreto-lei 399, de 30 de abril de 1938, que estabelece 12 produtos alimentares (feijão, arroz, farinha de mandioca, pão, carne, leite, açúcar, banana, óleo, manteiga, tomate e café) e suas respectivas quantidades, sofreu aumento, em junho de 2016, em quatro municípios baianos. A pesquisa foi realizada pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI, responsável pela pesquisa em Salvador), pela UESC (Ilhéus e Itabuna) e UESB (Vitória da Conquista).

Em salvador, a cesta passou a custar R$ 316,19 em junho de 2016, representando um acréscimo de 2,10% quando comparado com o mês de maio de 2016. Entre os produtos que compõem a ração essencial mínima, nove registraram variações positivas: Feijão rajado (26,67%), Cruz machado (Carne bovina) (3,00%), Leite pasteurizado (3,00%), Açúcar cristal(1,97%), Pão francês (1,53%), Manteiga (1,45%), Farinha de mandioca (0,81%), Café Moído(0,70%) e Arroz (0,34%). Por sua vez, três registraram variações negativas: Banana da prata (10,51%), Tomate (3,92%) e Óleo de soja (1,78%).

Já em Itabuna, o custo da cesta passou para R$329,58 no mês de junho, representando aumento de 1,88% quando comparado ao mês anterior.  Dos itens que compõem a cesta básica, o feijão registrou o maior aumento de preço (46,65%), seguido por óleo (2,64%), pão (2,27%), carne (1,36%) e açúcar (0,69%). A banana foi o item que apresentou maior queda de preço (14,21%), seguido por tomate (5,73%), arroz (3,42%), café (2,67%), farinha (1,67%), manteiga (1,43%) e leite (1,03%).

Ilhéus, com um aumento de 4,65% quando comparado ao mês anterior, o preço da cesta passou para R$355,15 no mês de junho. Dos 12 produtos que compõem a cesta básica, oito apresentaram aumento de preço: feijão (67,53%), farinha (11,93%), arroz (2,51%), manteiga (1,75%), leite (1,34%), carne (0,92%), açúcar (0,66%) e pão (0,45%). Em contrapartida, os quatro itens restantes, apresentaram redução: tomate (14,88%), banana (3,31%), café (1,51%) e óleo (0,76%).

Em Vitória da Conquista, a cesta passou a custar R$ 319,74 em Junho de 2016, representando um aumento de 5,59% quando comparado com o mês de Maio de 2016. Dos 12 produtos que compõem a ração essencial mínima, onze registraram variações positivas: Açúcar (3,16), Arroz (1,70), Café (1,99), Carne Bovina (0,32), Farinha de Mandioca (5,55), Feijão (33,68), Leite (5,84), Manteiga (7,66), Óleo (2,13), Pão Francês (8,16) e Tomate (2,37). Por sua vez, um produto registrou variação negativa: Banana-prata (-7,30).

Em Salvador, o tempo de trabalho necessário para se obter os 12 produtos da cesta básica de Salvador foi de 93 horas e 44 minutos, e o trabalhador comprometeu 39,06% do salário mínimo líquido, de R$809,60 – descontando-se 8% de contribuição previdenciária do salário bruto de R$880,00 –. Em Itabuna foi necessário 82 horas e 24 minutos de trabalho para adquirir os produtos, com comprometimento de 40,71% do salário mínimo líquido. Já em em Ilhéus, o tempo de trabalho despendido para se obter a cesta básica foi de 88 horas e 48 minutos, com comprometimento de 43,87% do salário mínimo líquido para adquirir os 12 itens da cesta. E em Vitória da Conquista,  o tempo de trabalho necessário para se obter a cesta básica foi de 94 horas e 47 minutos, e o trabalhador comprometeu 39,49% do salário mínimo líquido.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s