professor em greve

Posted: March 3, 2016 in aplb, educação, sindical __

Oficio Indicativo de Greve-1bA ASSEMBLEIA É SOBERANA: GREVE POR TEMPO INDETERMINADO PELA UNIVERSALIZAÇÃO DA RESERVA DE JORNADA DE TRABALHO

 Crédito das fotos: Getúlio Lefundes
 Com a participação em massa dos trabalhadores em educação da Rede Municipal de Salvador, a assembleia geral realizada no Estádio de Pituaçu na tarde desta quarta-feira (2), aprovou greve por tempo indeterminado pela garantia da universalização da reserva de jornada de trabalho.

“A categoria tem direito a um período da jornada fora da sala de aula, para planejamento e preparação da lição, mas a Secretaria Municipal de Educação (SMED) não atendeu integralmente ao direito conquistado em 2014. A reserva está sendo implementada paulatinamente, mas a categoria não concorda mais com isso. Paralisamos até que a universalização da reserva seja implementada”, explica Elza Melo, diretora da APLB-Sindicato.
Após a última assembleia e passeata realizada na quinta-feira, 25 de fevereiro, os professores da rede municipal, liderados pela APLB-Sindicato, oficializaram a situação de indicativo de greve da categoria. Saiba mais AQUI.

Veja o ofício que foi encaminhado ao Executivo Municipal na quinta-feira, 25 de fevereiro informando sobre o indicativo de greve caso a universalização da reserva de jornada de trabalho não fosse implementada integralmente até o dia 1º de março:
 
12442874_10208732889310577_1389501994_n

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s