show

Posted: March 2, 2016 in cultura, divulgação

Manuela Rodrigues apresenta show da turnê Se a canção mudasse
Artista apresenta show do seu terceiro álbum de inéditas, patrocinado via Fazcultura, nos dias 04 e 05 de março, no Teatro Sesc Senac Pelourinho. A apresentação ainda segue para São Paulo e Rio de Janeiro.

Crédito: João Milet Meirelles
A cantora e compositora baiana Manuela Rodrigues apresentará nos dias 04 e 05 de março, às 20h, no Teatro Sesc Senac Pelourinho, o show de lançamento da turnê Se a canção mudasse tudo, de seu terceiro álbum de inéditas, lançado em fevereiro. Após a apresentação em Salvador, Manuela Rodrigues segue para São Paulo e Rio de Janeiro. O álbum Se a canção mudasse tudo pode ser baixado gratuitamente no portal www.naturamusical.com.br e conta com o patrocínio do Fazcultura, mecanismo de fomento à cultura gerido pelas secretarias de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e da Fazenda (Sefaz). Os ingressos custam R$ 20 e R$ 10 (meia).
Natura Musical(y)
www.naturamusical.com.br
O Natura Musical patrocina diversas iniciativas que valorizam toda a criatividade e excelência da música brasileira. Já apoiou quase 200 projetos culturais em …
Se a canção mudasse tudo traz catorze faixas – doze delas inéditas: são dez composições da nova safra de Manuela (solo ou em parcerias) e “Oxe, Oxe, Oxe” (MR/Álvaro Lemos), lançada como single em 2013. O álbum traz ainda as inéditas “Risos”, do compositor baiano Ronei Jorge com arranjos de cordas de Jorge Solovera, e “Vai que eu desembeste”, de Romulo Fróes e Clima, que destacam as possibilidades vocais da cantora; e a releitura de “Extra II” (Gilberto Gil), com arranjo de metais de Tércio Guimarães. O clima de banda, característico no trabalho de Manuela, vem à tona em “Rede social”, que conta com riffs de guitarra. Composta pela artista em seu terceiro mês de gravidez, “Ventre” traz o verso que dá nome ao disco, simbolizando que cada mudança de vida veio acompanhada de uma canção. O álbum tem as participações do violinista Nicolas Krassik em “Qualquer porto”, da cantora Silvia Machete em “Amor de carne e de osso”, e de João Cavalcanti (Casuarina), parceiro de Manuela no samba “Nenhum homem é uma ilha”, com quem divide os vocais.
Diferentemente de seus dois álbuns anteriores, em que o produtor Tadeu Mascarenhas e uma única banda foram responsáveis por traduzir as ideias da cantora, “Se a canção mudasse tudo” foi acalentado por muitas mãos. Os produtores Andre T, Gustavo di Dalva, João Milet Meirelles, Luciano Bahia e Tadeu Mascarenhas dividiram a produção das faixas (em média três para cada um). “Eu queria que as músicas soassem diferentes dos meus discos anteriores. Agora, nós selecionamos os músicos a partir da sonoridade que buscávamos e da escolha do produtor de cada canção. Contamos com cerca de 30 músicos e a contribuição de cada um, somada com a condução dos produtores, foi essencial para o resultado sonoro que chegamos”, explica Manuela, que participou intensamente do processo de produção, conferindo unidade ao disco. Além da voz, Manuela também é responsável pela direção artística, concepção, co-produção musical, vocais e pianos do álbum.
Se a marca de Manuela sempre foram as canções que desafiaram métricas e harmonias, desta vez a compositora resolveu se arriscar. “Neste disco procurei simplificar minhas composições que tendiam a uma maior complexidade formal, melódica e harmônica, geralmente sem refrãos e cheia de partes. O meu natural é ir num caminho mais experimental e naturalmente mais complexo, mas agora as canções buscam uma simplicidade maior”, comenta. “Se a canção mudasse tudo” traz uma atmosfera pop, mesclando diversos elementos da música popular brasileira, com espaço para samba, forró, bolero, pop rock e percussões muito bem harmonizadas com toques eletrônicos.
Sobre o Fazcultura – Parceria entre a SecultBA e a Secretaria da Fazenda (Sefaz), o mecanismo integra o Sistema Estadual de Fomento à Cultura, composto também pelo Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). O objetivo é promover ações de patrocínio cultural por meio de renúncia fiscal, contribuindo para estimular o desenvolvimento cultural da Bahia, ao tempo em que possibilita às empresas patrocinadoras associar sua imagem diretamente às ações culturais que considerem mais adequadas, levando em consideração que esse tipo de patrocínio conta atualmente com um expressivo apoio da opinião pública.  01/03/2016 Turnê de lançamento Se a canção mudasse tudo – Manuela Rodrigues
Quando: 04 e 05 de março, às 20h Onde: Teatro Sesc Senac Pelourinho (Largo do Pelourinho, 19 – Pelourinho, Salvador – BA) Ingressos: R$20 e R$10 (meia).Classificação: livreMais informações: Assessoria de Comunicação – Manuela Rodrigues Renata Alves: 71 99165-9688/ 99986-9688 Andrezza Nicolau: (21) 98332-8181
Adriana Bueno: (11) 3675-4829/ 97686-6631 

bruno  sles secult

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s