moc __

Posted: February 29, 2016 in capacitação, cidadania


Nº 494 : 26 de fevereiro de 2016 : Feira de Santana-BA
MOC recebe dois novos veículos para contribuir ainda mais com o fortalecimento da agricultura familiar
O Movimento de Organização Comunitária (MOC) foi um dos reconhecidos pelo seu trabalho de fortalecimento a agricultura familiar para receber dois, dos oito veículos utilitários adquiridos pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/SDR) mediante convênio com a Secretária de Desenvolvimento Territorial do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SDT/MDA), para auxiliar na Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) e dinamização da agricultura familiar do Território do Sisal. Estes veículos são frutos de uma antiga demanda do Colegiado Territorial CODES SISAL, através de um projeto enviado via Proinf 2012. O MOC integra a diretoria do CODES. No total, o Território do Sisal composto por 20 municípios baianos, recebeu, em 20 de fevereiro,  nove veículos utilitários que irá dinamizar a agricultura familiar naquele território. A entrega aconteceu no município de Teofilândia. Leia mais nosite do MOC.

JUVENTUDE
MOC participa em Brasília do debate sobre o Plano Nacional de Juventude e Sucessão Rural
O Movimento de Organização Comunitária (MOC) participou entre os dias 23 e 25 de fevereiro, em Brasília, da Oficina de Diálogos do Plano Nacional de Juventude e Sucessão Rural. O encontro, que reuniu jovens de 23 estados, debateu sobre os desafios para a permanência dos jovens no campo e a inserção da juventude rural nas políticas públicas. O evento discutiu ainda as pautas propostas na conferência nacional. ‘A construção do Plano é de extrema importância para a sucessão rural por trazer no seu conteúdo as vozes da juventude e as peculiaridades da diversidade do rural brasileiro. Contudo, se o governo não assumir o Plano e não transformá-lo em políticas que venham a contemplar os anseios desta juventude, de nada vai adiantar todo o esforço na sua construção’, ponderou Mateus Lima, técnico do MOC presente no evento. As oficinas buscam a integração do setor rural com o urbano e a discussão de políticas públicas para garantir a fixação desses jovens no campo. A iniciativa foi do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

CISTERNAS NAS ESCOLAS
Projeto Cisternas nas Escolas reúne em Feira executoras da Bahia e Sergipe
O Movimento de Organização Comunitária (MOC) junto aos representantes estaduais da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) da Bahia e Sergipe, e técnicos de instituições desses estados, executoras do Projeto Cisterna nas Escolas, participaram no último dia 23, no Hotel Seabra, em Feira de Santana, de avaliação das ações para sistematização do projeto que tem implementado cisternas com a capacidade de 52 mil litros cada, em escolas de comunidades rurais. Com financiamento do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) serão contemplados 256 municípios do Semiárido, com 2.500 escolas do semiárido tendo acesso às cisternas. Durante o processo de implantação da cisterna uma das ações é o debate principalmente sobre o papel da cisterna enquanto um instrumento pedagógico, a interação entre o conteúdo escolar e questões culturais e ambientais e relacionadas à importância da qualidade da água, garantia da segurança alimentar e nutricional, e sobre a percepção da cisterna como um instrumento de convivência com o Semiárido.
GÊNERO
Aberta a seleção de projetos com o tema Empoderamento e Inclusão Social
Publicado no Diário Oficial do Estado da Bahia, do último 16 de fevereiro, o Edital Março Mulheres 2016 da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia, que este ano, selecionará projetos que têm como recorte o empoderamento e a inclusão social. O principal objetivo do edital é que sejam selecionados projetos nas seguintes categorias: capacitação de gestoras/es; educação; capacitação de mulheres; cultura e autonomia. O apoio financeiro total será de R$ 408.000,00 (quatrocentos e oito mil) reais, que poderão atender até 26 projetos, que envolvam ações relacionadas ao empoderamento e autonomia das mulheres e à promoção e defesa dos diretos das mulheres, fomentando iniciativas para a realização do Março Mulheres 2016: Empoderamento e Inclusão Social. Os projetos poderão ser enviados a partir do dia 17 de fevereiro até o dia 17 de março, para a sede da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA), localizada na Avenida Tancredo Neves, n° 776, Bloco A, 3º andar – CEP 41.820-020, Caminho das Árvores – Salvador/BA, em atenção à Comissão Organizadora. Para mais informações, acesse o 
edital aqui

EDUCAÇÃO DO CAMPO
MOC participa da programação da Jornada Pedagógica de Quijingue
Como parte da programação da Jornada Pedagógica 2016, do município de Quijingue, o Movimento de Organização Comunitária (MOC) deu início no último dia 22, no local, a elaboração da ficha metodológica do Projeto CAT-Conhecer, Analisar e Transformar a realidade do Campo. O objetivo principal da participação do MOC nesse espaço acadêmico é fornecer subsídios para facilitar aos profissionais de educação presentes, na construção desse instrumento que este ano tem como tema ‘O Semiárido em suas dimensões políticas, culturais, ambientais e sociais: conhecê-lo, analisá-lo e transformá-lo a partir do chão onde vivemos’. Durante o ano os educadores/as trabalham em sala de aula com temáticas ligadas ao dia-a-dia dos alunos, isso faz com que eles/as percebam a aplicação prática do conhecimento que está sendo adquirido. O Projeto é desenvolvido pelo MOC, em parceria com a Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), e tem o apoio da entidade internacional KNH. A Jornada Pedagógica aconteceu até 24 de fevereiro, na quadra poliesportiva do grupo escolar Navarro de Brito, em Quijingue, e contou ainda com oficinas temáticas de valorização das práticas educativas exitosas das unidades escolares.

PROJETOS SOCIAIS
Aberto processo de apoio a projetos FBB de Inclusão Socioprodutiva
?A Fundação Banco do Brasil lançou no 05/01, o processo de prospecção para apoio a projetos de inclusão socioprodutiva, alinhadas a pelo menos, um dos seus vetores de atuação:  Água, Agroecologia, Agroindústria, Educação e Resíduos Sólidos. Estão previstos R$ 15 milhões de recursos não reembolsáveis – R$ 3 milhões para cada região do país. O total de recursos previstos para cada projeto deverá ser de, no mínimo, R$ 80 mil e, no máximo, R$ 200 mil. Cada agência poderá registrar uma proposta, que será analisada pela Fundação BB por ordem cronológica de envio e até o montante do investimento estipulado para cada região. Estará disponível ainda neste mês, no Sistema de Gerenciamento de Projetos – SGP da Fundação BB, a possibilidade de inclusão da proposta simplificada e do pré-cadastro. Para esclarecimentos adicionais enviar mensagem para fbb@fbb.org.br com o título: Acolhimento de Projetos Sociais 2016 – dúvidas.

ECONOMIA SOLIDÁRIA
Cooperativas participam de oficina sobre Gestão Financeira e Administrativa
Numa ação do Projeto Mais Gestão, acontece nos dias 25 e 26 de fevereiro, na Pousada Central, em Feira, uma oficina de Gestão Financeira e Administrativa, facilitada por Osvaldo José de Oliveira. O evento conta com a participação de diversas cooperativas inseridas no projeto e assessoradas pelo MOC, a exemplo da Coopril, Coopelago, Coopes, Coopemafs, Coobaffs e a Cooperede. O programa Mais Gestão leva assistência técnica para cooperativas, com o objetivo de promover a inserção e qualificação dos empreendimentos coletivos da agricultura familiar para os mercados institucionais e privados.O MOC é o responsável pela execução do Programa na Bahia, selecionado por meio da Chamada Pública de Ater nº 17/2013.

PARCEIROS/AS POR UM SERTÃO JUSTO
Mulheres do campo participam de encontro de avaliação
A equipe técnica do MOC que atua no projeto Parceiros por Um Sertão Justo, apoiado pela ACTIONAID, realizou no último dia 25, no município de Conceição do Coité, a avaliação do projeto com a realização do Departamento da Secretaria de Políticas para Mulheres do Sindicato dos Trabalhadores/as Rurais e Agricultura Familiar – SINTRAF local, em parceria com o MOC. O encontro contou com a participação de mulheres do campo, mães de crianças e adolescentes que integram o projeto.

AGENDE-SE para as atividades nos próximos dias:
26 de fevereiro: Assembleia Geral Ordinária do MOC, às 17 horas, na Pousada Central, em Feira de Santana.
01 a 04 de março: Planejamento Estratégico do MOC, no CFC, em Feira de Santana.
09 de março: Audiência Pública sobre Comercialização e comemoração do terceiro ano de existência do Armazém da Agricultura Familiar e Economia Solidária, em Serrinha.



Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s