moc __

Posted: February 19, 2016 in capacitação, cidadania

Nº 493: 19 de fevereiro de 2016: Feira de Santana-BA
CAMPANHA INSTITUCIONAL
A campanha #SOSRiachaodoJacuipe continua pelas crianças desabrigadas
O Movimento de Organização Comunitária (MOC) comunica que de acordo às novas demandas apresentadas pelas crianças desabrigadas na enchente em Riachão do Jacuípe no último 22 de janeiro, continua aceitando doações para a sua Campanha Institucional #SOSRiachaodoJacuipe, dos seguintes itens: material de higiene, fraldas descartáveis , pomadas para assaduras e leite principalmente sem lactose. De acordo com a Paróquia Nossa Senhora da Conceição através da Pastoral da Criança, ainda é grande o número de crianças em situação que demanda auxílio para a aquisição destes itens. Para quem deseja contribuir financeiramente, poderá ser depositado diretamente na Caixa Econômica Federal, Ag 3644, Conta Poupança nº 19012016-0, em nome da Paróquia Nossa Senhora da Conceição – SOS Riachão.
ECONOMIA SOLIDÁRIA
Cooperativas participam de oficina sobre Gestão Financeira
Contando com a assessoria do MOC através do seu Programa de Fortalecimento de Empreendimentos Econômicos Solidários (PFEES), aconteceu no último dia 17 de fevereiro, no Armazém da Agricultura Familiar, em Serrinha, uma oficina em Gestão Financeira direcionada às cooperativas integrantes do Programa Mais Gestão. Facilitada por Osvaldo José de Oliveira, participaram do evento a Arco Sertão Central, a Coopergama, Cooperagil, Cooperfatima, Coopafam, Coopafserrinha, Coomapebi, Coociba e Coopofite. Esta mesma oficina será realizada em outros municípios a exemplo de Feira de Santana, Monte Santo, Taperoá e Ribeira do Pombal, com a presença de outras cooperativas. O programa Mais Gestão leva assistência técnica para cooperativas, com o objetivo de promover a inserção e qualificação dos empreendimentos coletivos da agricultura familiar para os mercados institucionais e privados.O MOC é o responsável pela execução do Programa na Bahia, selecionado por meio da Chamada Pública de Ater nº 17/2013.
GÊNERO
Aberta a seleção de projetos com o tema Empoderamento e Inclusão Social
Publicado no Diário Oficial do Estado da Bahia do último 16 de fevereiro, o Edital Março Mulheres 2016 da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia, que este ano, selecionará projetos que têm como recorte o empoderamento e a inclusão social. O principal objetivo do edital é que sejam selecionados projetos nas seguintes categorias: capacitação de gestoras/es; educação; capacitação de mulheres; cultura e autonomia. O apoio financeiro total será de R$ 408.000,00 (quatrocentos e oito mil) reais, que poderão atender até 26 projetos, que envolvam ações relacionadas ao empoderamento e autonomia das mulheres e à promoção e defesa dos diretos das mulheres, fomentando iniciativas para a realização do Março Mulheres 2016: Empoderamento e Inclusão Social. Os projetos poderão ser enviados a partir do dia 17 de fevereiro até o dia 17 de março, para a sede da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA), localizada na Avenida Tancredo Neves, n° 776, Bloco A, 3º andar – CEP 41.820-020, Caminho das Árvores – Salvador/BA, em atenção à Comissão Organizadora. Para mais informações, acesse o edital aqui:
PARCEIROS/AS POR UM SERTÃO JUSTO
MOC participa de formação metodológica para execução da proposta da Chamada Pública
Com início no dia 17 de fevereiro, o Movimento de Organização Comunitária – MOC, participou junto a COOPESER e UNICAFES do processo de formação/ capacitação da equipe técnica que executará a CHAMADA PÚBLICA – Parceiras e Parceiros por um Sertão Justo, que tem apoio do governo do Estado através da Secretaria de Desenvolvimento Rural. A formação propôs contribuir para o desenvolvimento de um trabalho que visa a Promoção da Sustentabilidade das Unidades Produtivas Familiares (UPFs) dos Municípios inscritos nos Lotes 34, 02 e 18. A atividade teve como facilitador Naidison Babtista, assessor do MOC, e seguiu até dia 18 de fevereiro no Centro de Orientação Vocacional – COV em Feira de Santana. Como proposta nessa primeira etapa de formação, promover alinhamento conceitual de temáticas correlacionadas ao processo de trabalho, bem como de procedimentos metodológico para execução da proposta da Chamada Pública; identificar e debater a conexão entre a missão, visão, estratégias e políticas institucionais do MOC e demais organizações com a proposta da Chamada Pública com foco na sustentabilidade das UPFs; ampliar a compreensão sobre Ater, agroecologia e alimentos saudáveis, estratégias e ações capazes de promover a universalização da Ater pública e de qualidade aos agricultores/as familiares nos Municípios, Territórios, Estado da Bahia e do Brasil; dialogar sobre a relação interinstitucional das entidades executoras com a BahiAter e as co-responsabilidades de cada instituição no processo coletivo da Chamada Pública; apresentar e discutir a proposta da Chamada Pública e seus componentes operacionais, cronograma e ferramentas de execução; criar sinergia e pontes entre as ações do projeto, fluxo de informações entre equipe de campo, coordenação e gestão, bem como estabelecer normas e cadência de responsabilidades dentro do processo de execução da chamada e, finalmente, identificar a demanda da equipe e definir temas para subsidiar a formação continuada.
CONFERÊNCIA
Realizada em Feira a Conferência Territorial de ATER do Portal do Sertão
Com o tema Assistência Técnica e Extensão Rural, Agroecologia e Alimentos Saudáveis, aconteceu nos dias 16 e 17 de fevereiro, a 2ª Conferência Territorial de ATER do Portal do Sertão. A Conferência foi realizada na Pousada Central, em Feira de Santana, onde foram definidas estratégias e ações prioritárias para promover a universalização da oferta dos serviços de assistência técnica e extensão de qualidade aos agricultores familiares baianos. Além de técnicos do MOC representando a instituição, o evento reuniu mais de 140 pessoas, dentre elas os 70 delegados, representantes do poder público e da sociedade civil, dos 17 municípios que compõem o Território de Identidade Portal do Sertão. Esta é uma das 27 Conferências que estão sendo realizadas, uma em cada Território de Identidade do estado. O Secretário Estadual de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, destacou a importância do debate, envolvendo os sujeitos do Território e salientou o papel da assistência técnica para o desenvolvimento rural. Na oportunidade foram eleitos delegados, dentre eles Mateus Lima, técnico do Movimento de Organização Comunitária (MOC), que representará a instituição na 2ª Conferência Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e na Reforma Agrária (CEATER) que será realizada, em abril de 2016, em Salvador e antecede a etapa nacional.
ACTIONAID
MOC e Actionaid dialogam sobre estratégias
Aconteceu nos últimos 15 e 16 de fevereiro, na Pousada Central, em Feira de Santana, um encontro que refletiu participativamente sobre o nível alcançado na implementação dos objetivos da estratégia da Actionaid Brasil, a qual está alinhada com a estratégia da Actionaid Internacional. Mediado por Sergio Costa, representante da Actionaid Brasil, técnicos/as do Movimento de Organização Comunitária -MOC e jovens multiplicadores de vínculos do projeto Parceiros/as Por Um Sertão Justo, fizeram um balanço da ações do Projeto desenvolvidas pelo MOC e contribuíram para o processo de elaboração da nova estratégia para a Actionaid tanto no nível nacional como no internacional a partir de 2018, e na decisão sobre os caminhos a seguir até o final da vigência da presente estratégia em 2016 e 2017.
ATER
Bahia discute implantação do sistema estadual de ATER
A Bahia deverá construir um Sistema Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), que irá ordenar a oferta dos serviços para os agricultores familiares. Esse tema foi a principal tônica da reunião entre da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e do Ministério de Desenvolvimento Agrário, realizada em Brasília, na última quarta-feira (17). No encontro, onde também foi assegurado pelo ministério o lançamento de novas chamadas públicas de ATER para o estado, estiveram presentes pela SDR o superintendente Ivan Fontes, da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater), e o diretor presidente da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), Wilson Dias. Segundo Dias, Dias o acordo de cooperação com o MDA vai assegurar a SDR a emissão das Declarações de Aptidão ao Pronaf (DAP). Ressaltou que o documento viabiliza o aceso dos agricultores familiares a 14 políticas públicas a exemplo do crédito rural e da outorga do Selo da Agricultura Familiar.
AGENDE-SE para as atividades nos próximos dias:
23 e 24 de fevereiro: Formação em Economia Popular Solidária com foco em finanças e fundos rotativos solidários, na Pousada Central, em Feira de Santana.
24 e 25 de fevereiro: Oficina da Cadeia Produtiva da Mandioca, na Embrapa, Cruz das Almas.
26 de fevereiro: Assembleia Geral Ordinária do MOC, às 17 horas, na Pousada Central, em Feira de Santana.
02 a 04 de março: Planejamento Estratégico do MOC, no CFC, em Feira de Santana.

Auxílio-moradia, um "deslavado jabá"  POR FREDERICO VASCONCELOS 09/10/14  19:51

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s