moc __

Posted: February 3, 2016 in capacitação, cidadania

Nº 491::  29 de janeiro de 2016::  Feira de Santana-BA
CONFERÊNCIA DE ATER Sisal realiza 2ª Conferência Territorial de ATER O Território de Identidade do Sisal iniciou ontem (28) a 2ª Conferência Territorial de Assistência Técnica e Extensão Rural na Agricultura Familiar e Reforma Agrária. O evento acontece no auditório Cenos, na cidade baiana de Santaluz. O evento conta com a participação de técnicos do Programa Água, Produção de Alimentos e Agroecologia (PAPAA), do MOC, agricultores/as familiares, jovens rurais, povos e comunidades tradicionais, rural, além de representantes de organizações parceiras prestadoras de serviços de ATER, prefeituras municipais, consórcios públicos territoriais, sindicatos de trabalhadores rurais e movimentos sociais. As Conferências estão sendo promovidas em toda a Bahia pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), por meio da Bahiater e do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável (CEDRS). Em Santa Luz, o encontro termina hoje (29) e conta com a parceria do Conselho de Desenvolvimento Sustentável do Território do Sisal. Mais no site do MOC.
CAMPANHA #SOSRIACHAODOJACUIPE MOC envia toneladas de doações arrecadadas para desabrigados de Riachão Diversos veículos, inclusive da Polícia Rodoviária Federal, da própria instituição, e de particulares têm conduzido toneladas de doações arrecadadas durante a campanha ?SOSRiachaodoJacuipe? lançada pelo Movimento de Organização Comunitária (MOC) no último dia 22 de janeiro, em prol de centenas de famílias que estão desabrigadas e que perderam tudo devido à forte chuva e a enchente do Rio Jacuípe que tomou de surpresa a região naquela data. São colchões, roupas, alimentos, água, material de higiene e limpeza. Em poucos dias de campanha tem sido muito forte a solidariedade da equipe técnica do MOC e das pessoas da comunidade e de municípios vizinhos, associações de bairros, igrejas, que se sensibilizaram com a situação e fizeram suas doações na sede do MOC, que fica na Rua Pontal, 61, Jardim Cruzeiro, em Feira de Santana ( rua ao lado da Igreja Sr.do Bonfim, no Jardim Cruzeiro). Segundo dados colhidos pela Pastoral da Criança e o CRAS de Riachão do Jacuípe o número de famílias desabrigadas chegam a 1.100, cerca de 200 crianças na primeira infância e 600 entre 7 e 12-13 anos. Mais de 30 mulheres gestantes. Também em Feira de Santana, o Pátio Buriti é mais um local que está disponível para coleta das doações. Fica localizado à Av. Maria Quitéria, nº 1276, Centro. A Campanha continua. Mais no site do MOC.
CONVIVÊNCIA COM O SEMIÁRIDO Mais uma formação em GAPA para agricultores e agricultoras Agricultores e agricultoras do município de Conceição do Coité, beneficiários do projeto MAIS ÁGUA executado pelo Movimento de Organização Comunitária (MOC), participaram hoje de uma formação em Gerenciamento de Água para Produção de Alimentos (GAPA), com o objetivo de conhecer as tecnologias de captação de água e as formas de potencializar o seu uso na produção de alimentos. A atividade iniciada nessa quarta-feira (27) com término ontem, 28 de janeiro, aconteceu na sede do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (SINTRAF) local e está sendo ministrada pelo técnico de ATER do MOC, Erivanilson da Silva.
EDUCAÇÃO MOC é convidado para debater a Base Nacional Comum Curricular Com o objetivo de provocar o debate nos municípios baianos sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNC), a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime Bahia), realizou no último 25 de janeiro, em Salvador, o seminário ?Base Nacional Comum Curricular em debate: desafios, perspectivas e expectativas?. O evento aconteceu no Instituto Anísio Teixeira (IAT), onde o MOC participou como convidado devido à sua experiência com o debate de currículo contextualizado. Presentes também gestores municipais educacionais, ONGs e educadores/as.”É fundamental o debate de toda comunidade, especialmente no Semiárido do Nordeste do Brasil, pois historicamente o currículo foi pensado com realidades do Sul e do Sudeste do País. Conclamamos professores/as, sociedade civil e gestores/as das escolas do Semiárido a debaterem e apresentarem propostas para a Base Nacional Comum no portal do MEC”, ressalta Vera Carneiro, coordenadora do Programa de Educação do Campo Contextualizada (PECONTE), do MOC, que representa a instituição no encontro. O portal da Base ( http://basenacionalcomum.mec.gov.br/ ), desenvolvido pelo Ministério, vai receber contribuições ao documento até o dia 15 de março. A Base Nacional Comum está prevista na Lei do Plano Nacional de Educação (Lei 13.005/ 2014). De acordo com a legislação, ela deve ser elaborada e encaminhada ao Conselho Nacional de Educação até 24 de junho de 2016.
ECONOMIA SOLIDÁRIA Cooperativas participam de curso em Serrinha Numa iniciativa do Programa de Fortalecimento de Empreendimentos Econômicos Solidários (PFEES) do MOC, algumas cooperativas filiadas à Arco Sertão Central participaram nestes 27 e 28 de janeiro, de formação que aconteceu no Armazém da Agricultura Familiar, em Serrinha. O curso voltado à manipulação de alimentos e a produção de novos produtos para os mercados institucionais está sendo facilitado por Adilson de Freitas Moreira, numa ação do Programa Mais Gestão.
JUVENTUDE RURAL Encontro de Jovens Rurais do Semiárido acontece em Campina Grande No período de 28 a 31 de janeiro está sendo realizado o Encontro de Jovens Rurais do Semiárido, que reúne cerca de 300 jovens oriundos de todos os estados do Semiárido brasileiro para discutir temas voltados à convivência com a região. Promovido pelo Governo do Estado da Paraíba, por meio do Projeto de Desenvolvimento Sustentável do Cariri, Seridó e Curimataú (Procase), o evento acontecerá na sede do Instituto Nacional do Semiárido (Insa/MCTI), em Campina Grande (PB). O objetivo central é fortalecer as pautas da juventude do Semiárido nos espaços de participação e no processo de construção das políticas de desenvolvimento territorial, além de contribuir com subsídios e diretrizes para o Plano Nacional de Juventude e o Plano de Sucessão Rural. Com essa perspectiva, o Encontro mobilizará diversas expressões juvenis do campo. Com o tema Compartilhando e construindo novos saberes sobre o Semiárido, o evento pretende ainda promover o intercâmbio entre jovens dos territórios rurais do Semiárido brasileiro. Dessa forma, oportuniza espaços de troca de experiências e vivências coletivas de aprendizagem, buscando fortalecer a participação dos movimentos juvenis do campo nas políticas públicas de juventude voltadas para a região.
AGENDE-SE para as atividades nos próximos dias: 01 de fevereiro: Seminário de comunicação com as cooperativas que participam do Programa Mais Gestão. Local: Armazém da Agricultura Familiar e Economia Solidária, em Serrinha;
01 de fevereiro: Reunião de avaliação e planejamento das ações das organizações de Mulheres (MMTRs, Secretarias de Mulheres dos STRs), em Serrinha;
16 e 17 de fevereiro: 2ª Conferência Territorial do Portal do Sertão, na Pousada Central, em Feira de Santana

Acacus  _  Deserto libio

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s