moc __

Posted: January 22, 2016 in capacitação, cidadania

Nº 490:: 22 de janeiro de 2016:: Feira de Santana-BA
GÊNERO
Mulheres rurais participam de oficina de planejamento, participação social e intervenção política.
Com o objetivo de avaliar as ações de 2015, seus avanços e desafios alcançados, e planejar novas ações para 2016, foi realizada neste dia 20 de janeiro, na sede do Sindicato dos Trabalhadores/as Rurais de Quijingue, uma reunião com mulheres das organizações de Mulheres (MMTRs, Secretarias de Mulheres dos STRs) e com jovens multiplicadores de vínculos do Projeto Parceiros Por Um Sertão Justo, desenvolvido pelo MOC com apoio da Actionaid. Ao longo do mês de janeiro as oficinas já aconteceram nos municípios de Ichu e Araci, nos dias 12 e 19 e acontecerão ainda em Nova Fátima e Riachão do Jacuípe em 22 e 27 de janeiro, respectivamente. Em fevereiro será a vez de Serrinha, no dia 1º, e Conceição do Coité no dia 25, sempre ministradas pela coordenadora do Programa de Gênero do MOC, Selma Gloria. Nas oficinas além de planejar as ações das organizações de mulheres rurais com vistas ao fortalecimento institucional, também é analisado o atual contexto do acesso dessas mulheres aos seus direitos bem como da participação social e intervenção política.

BAHIA PRODUTIVA
Projeto Bahia Produtiva reúne entidades em Queimadas
Algumas entidades contempladas com o Projeto Bahia Produtiva participaram de reunião ontem (20), na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Agricultores Familiares (STRAF) de Queimadas. “O encontro tratou basicamente sobre a documentação relacionada aos convênios das entidades contempladas com os Editais 1,3 e 4 do Projeto”, ressaltou Célia Dourado, diretora do CODES Sisal presente no evento que reuniu ainda presidentes de Associações e entidades parceiras. O Bahia Produtiva é uma iniciativa é do Governo da Bahia, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). O projeto vai atender 56.200 famílias de agricultores familiares de todo o estado aumentando a integração ao mercado, as receitas líquidas, e a segurança alimentar de beneficiários organizados, além de melhorar o acesso ao abastecimento de água e a serviços de saneamento das famílias nas áreas do projeto. O investimento total é de US$ 260 milhões de dólares, sendo US$ 150 milhões do Banco Mundial e US$ 110 milhões de dólares do Estado da Bahia e da contribuição dos beneficiários.

ECONOMIA SOLIDÁRIA
Estão abertas as inscrições para a I Feira de Economia Popular e Solidária da UEFS
A I Feira de Economia Popular e Solidária da UEFS que acontecerá entre 17 e 18 de março de 2016 será um ambiente de possibilidades para a exposição de grupos que fazem a economia popular e solidária acontecer. Serão selecionadas 30 (trinta) iniciativas, que exporão e comercializarão seus produtos no hangar de eventos da Pró-reitora de Extensão da UEFS, localizado no Campus de Feira de Santana, no fundo do auditório central. Até 31 de janeiro de 2016 acontece o processo de escolha dos(as) agentes ou iniciativas de economia popular e solidária mediante preenchimento da ficha de inscrição para expositores e levará em consideração a capacidade do espaço e a diversidade de áreas e/ou dimensões de atuação dessa economia. Ressalte-se que o ambiente da feira deve comportar diversas atividades culturais, de alimentação, banco comunitário, clube de trocas, rodas de conversas, reuniões de incubadoras e do fórum local de economia popular e solidária. Algumas atividades como o clube de trocas, as rodas de conversas temáticas e fórum de economia popular e solidária serão acompanhadas e/ou orientadas pela IEPS-UEFS, mas, principalmente, serão dinamizadas pelo protagonismo das iniciativas participantes da Feira. Mais informações na página http://ciepsuefs.blogspot.com.br/p/a-feira.html

CONVIVÊNCIA COM O SEMIÁRIDO
Reunião em Brasília discute projetos de acesso à Água
Aconteceu na manhã do último dia 20 de janeiro, em Brasília-DF, uma reunião na sede do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), uma reunião com gestores e executores dos projetos relacionados ao acesso à água. Representando o CONSISAL, o secretário executivo José Silva esteve presente junto a outros representantes de estados, consórcios públicos e entidades. Também esteve presente o secretário executivo do Consórcio Portal do Sertão Daniel Moreira. Com a participação da ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome Tereza Campelo e do secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional Arnoldo de Campos, reunião teve o intuito foi discutir metas e desafios do programa de águas no ano de 2016. O CONSISAL executa dois projetos em parceria com o MDS, que se encaixam no programa, os Projetos de Primeira e Segunda Água.

FORMAÇÃO
Mulheres rurais participam de curso de doces e salgados
No município baiano de Serrinha, aconteceu no último dia 20 de janeiro um curso de doces e salgados com a participação de 25 mães de crianças do projeto Parceiros/as Por Um Sertão Justo, desenvolvido pelo MOC com o apoio da Actionaid. O curso contou com a presença de mulheres rurais das comunidades de Chapada, Malhada do Alto, Trocado, Subaé e Boa Vista, daquele município. Muitas outras mulheres que já participaram anteriormente da formação, assessoradas pelo MOC, hoje comercializam seus produtos. São produtos como bolos, biscoitos, doces, geleias, beijus, hortaliças, polpas de frutas, leguminosas e frutas da estação, excedentes das famílias agricultoras familiares que são comercializadas através da iniciativa do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Governo Federal. O processo envolve desde a organização produtiva da família, que se envolve na dinâmica de produção, incorporando às práticas agroecológicas e sustentáveis na agricultura familiar, o associativismo, através da participação em espaços de associações e cooperativas e também  contribui para a garantia da segurança alimentar e uma alimentação de qualidade. Os agricultores/as têm a possibilidade de vender os seus produtos, tendo espaço nos mercados municipais e estaduais, gerando renda e impulsionando as economias locais.

MARCO REGULATÓRIO
Em pauta o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil
Uma videoconferência que tratará sobre Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC), acontecerá no próximo dia 26 de janeiro, das 8:30h às 12:30h, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), sala 17, em Salvador e em outros locais pelo interior da Bahia. Em Feira de Santana será na antiga DIREC 02, localizada à Av. Presidente Dutra, s/n, na sala de videoconferência. A atividade é promovida pelo Grupo de Trabalho sobre o MROSC, formado por representantes da sociedade civil baiana e do governo estadual. O objetivo do encontro é discutir a Lei 13.019/2014 que entra este ano em vigor e irá gerir as relações entre as organizações e os poderes públicos, notadamente no que diz respeito ao acesso a fundos públicos. O novo Marco Regulatório estabelece um conjunto de regras próprias para as parcerias realizadas entre o Poder Público e as organizações, reconhecendo a especificidade das entidades privadas sem fins lucrativos. É uma norma estruturante de abrangência nacional ? vale para União, estados e municípios – e exige tempo para adaptação.

AGENDE-SE para as atividades nos próximos dias:
25 de janeiro: Seminário sobre Juventude com as cooperativas que participam do Programa Mais Gestão. Local: Armazém da Agricultura Familiar e Economia Solidária, em Serrinha;

25 de janeiro: Seminário sobre Currículo Contextualizado – Base Nacional Comum. Local: Instituto Anísio Teixeira, em Salvador;
26 e 27 de janeiro: Encontro do Colegiado da Rede de Produtoras da Bahia. Local: CFC, em Feira de Santana;
27 e 28 de janeiro: Encontro do Colegiado da Arco Sertão Bahia. Local:  Armazém da Agricultura Familiar e Economia Solidária, em Serrinha;
01 de fevereiro: Seminário de comunicação com as cooperativas que participam do Programa Mais Gestão. Local: Armazém da Agricultura Familiar e Economia Solidária, em Serrinha;
01 de fevereiro: Reunião de avaliação e planejamento das ações das organizações de Mulheres (MMTRs, Secretarias de Mulheres dos STRs), em Serrinha.
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s